Volta ao Mundo – João 1 Aninho

Postado em: 10 de agosto de 2017 às 02:39

Olá!!!

Hoje trago a linda festa de um aninho do pequeno João com o tema Volta ao Mundo, que aconteceu no Rio de Janeiro, com linda decoração by Georgia Festas. [ Leia mais ]

Voo domestico com gêmeos menores de 2 anos

Postado em: 05 de fevereiro de 2014 às 06:00

Olá!!!

Hoje vim falar sobre minha experiencia na nossa primeira viagem de avião com os gêmeos Babi e Biel.

FALANDO SOBRE A IDA

Somos de Fortaleza e fomos para o casamento do meu primo no Rio de Janeiro. A ida foi de Gol e fizemos conexão em São Paulo. O primeiro voo foi tranquilo, eu levei eles no carrinho até a aeronave, não sentamos na cadeira preferencial, e também não pudemos sentar juntos na mesma fileira, pois só tem uma máscara de oxigênio para crianças em cada fileira. Como viajei com meus pais e irmão Babi ficou com eles em uma fileira e Biel ficou comigo na outra fileira. Minha babá também foi conosco e meu marido pegou um outro voo. Pedi o cinto para criança, mas eles disseram que não tinham. Durante a subida e descida eles estavam de chupeta e não aceitaram o leite, suco e biscoitos que levei. Os gêmeos dormiram a viagem toda e não deram trabalho. Assim que chegamos em São Paulo pedi os carrinhos para o comissario de bordo e logo os eles apareceram.

O tempo de espera entre um voo e outro era de 3h, mas esse tempo voou. Tudo é muito longe no aeroporto de São Paulo, chegamos meio dia e fomos almoçar, quando terminamos o almoço fomos para a sala de embarque e já era 14:15h. Durante esse período o uso dos carrinhos foi de fundamental importância. Usamos o trocador do aeroporto, graças a Deus, pois no avião não tem espaço pra trocar os bebês. Enquanto esperávamos na sala de embarque os gêmeos ganharam bexigas e brincaram com outras crianças, nesse momento usei as coleirinhas. Foi a primeira vez que as usei de forma satisfatória, pois deu super certo. Da outra vez eles queriam ir para onde não podiam e notei que a coleirinha estava machucando, desde então estava com receio de usar novamente.

babi biel

Adorei o segundo voo pois fomos de ônibus até a aeronave, e mais uma vez entreguei o carrinho quando cheguei na aeronave. Sim, o carrinho foi dentro do ônibus ate a aeronave. Foi uma ótima oportunidade dos gêmeos verem o avião por fora e entenderem que estavam entrando dentro dele. Eles amaram. Ficavam dizendo “olha, o vião”.

foto 2

Por incrível que pareça eles também dormiram durante todo esse segundo voo. Biel deu escândalo antes de iniciar a subida, mas logo parou quando foi para os braços do avô e dormiu. Mais uma vez não sentamos nas cadeiras preferenciais, os gêmeos ficaram em fileiras diferentes e não aceitaram comer e beber nada na subida e descida, mas estavam de chupeta. Pedi o cinto para crianças e eles disseram que não tinham. Chegamos no Rio e pedi os carrinhos para a aeromoça e logo os trouxeram.

FALANDO SOBRE A VOLTA

A nossa volta foi de TAM, e foi um voo direto. Levei os carrinhos até a aeronave e sentamos nas cadeiras preferenciais. Pedi o cinto de segurança para criança e eles disseram que tinham. Esperei, esperei e nada de trazerem. Pedi mais uma vez. Subimos sem o cinto para criança. Biel mais uma vez fez escândalo antes da subida, só se acalmou nos braços da babá e logo dormiu. Ambos não quiseram comer nada na subida e descida e dormiram por 1h. Quando acordaram aprontaram todas nesse avião. Mais uma vez eles tiveram que ficar em fileiras diferentes e ficaram mudando de fileira o tempo todo. A cadeira preferencial é ótima por ter um espaço razoável entre a parede e a cadeira. Espaço onde eles ficaram brincando com os brinquedos que levei (livrinhos e Iphone).

eu biel gemeos

O barulho na primeira cadeira é grande e senti falta do fone de ouvido para eles assistirem melhor a Galinha Pintadinha no Iphone e de um protetor de ouvido. Como os gêmeos estavam muito agitados insisti que me dessem o cinto para criança e finalmente o recebi e usei durante a descida. Seguem fotos que mostram como ele funciona.

Esse é o cinto para crianças. Ele tem esse circulo por onde passa o cinto da mãe e assim um fica acoplado ao outro.

Esse é o cinto para crianças. Ele tem esse circulo por onde passa o cinto da mãe e assim um fica acoplado ao outro.

Colocando o meu cinto no circulo do cinto da Babi.

Colocando o meu cinto no circulo do cinto da Babi.

Cinto da criança devidamente acoplado ao cinto da mãe.

Cinto da criança devidamente acoplado ao cinto da mãe.

Babi usando o cinto de segurança para crianças no avião.

Babi usando o cinto de segurança para crianças no avião.

Como vocês podem observar Babi dormiu na descida. Já Biel fez mais um escândalo pois querida ficar brincando no chão da aeronave. Biel nunca foi birrento, mas vejo que essa fase chegou. Ai, ai…. Na saída da aeronave, como estava chovendo, a TAM disponibilizou um carrinho do próprio aeroporto para cada.

Sobre a documentação, não me pediram a certidão de casamento em momento algum. Meu RG, RG da babá e certidão de nascimento dos gêmeos foram pedidas na hora do despacho das malas e a cada embarque.

DICAS

Então, resumindo tudo, seguem algumas dicas:

– Crianças de 0 a 1 ano, 11 meses e 29 dias não pagam;

– levar o bebê com fralda noturna, pois o banheiro do avião é muito pequeno e desconfortável. Levar também roupas de reposição para o caso de vomito;

– Procurar vôos diretos;

– Horários de sono do bebê;

– Levar brinquedos (velhos ou baratos de preferencia, pois eles podem perder) e vídeos e jogos no iPad são uma ótima dica para o entretenimento deles;

– Levar mingau pronto para da-lo na subida e na decida pois evita a dor de ouvido por conta da pressão, caso eles não queiram comer dar a chupeta. Peça para eles esquentarem o mingau se necessário;

– Remédio para dor de cabeça e ouvido (receitados pelo medico). Meu pediatra indicou dramin antes do voo, mas eu não dei. Fui em 3 médicos diferentes: a gastro, o pediatra e o otorrino. Nenhum deles quiseram receitar remédio para ouvido. Todos disseram que em caso de dor de ouvido eu ligasse para eles ou fosse a uma emergência.

– Temos o direito de levar o carrinho de cada criança.

– Temos direito a cadeira preferencial. O avião oferece um bercinho para bebês dormirem, em caso de vôos internacionais, mas tem que solicitar antes e só cabem bebês de poucos meses.;

– Cada fileira só tem uma mascara de oxigênio para crianças, então os gêmeos vão em fileiras separadas;

– Nas cadeiras preferenciais só senta o adulto com a criança, o acompanhante não senta junto.

– Solicite o cinto para o bebê. A GOL não oferece esse cinto, já a TAM oferece.

– A Gol da uma franquia de 10kg para despachar carrinho e bebe conforto, já na TAM você opta por um desses e o outro você tem que pagar.

SOBRE A DOCUMENTAÇÃO

– Certidão de nascimento da criança;

– RG da pessoa que vai viajar com a criança (pai ou mãe).

SOBRE A ALIMENTAÇÃO

– Levar papinhas da Nestlé, mingau, biscoitos e suquinho de caixa na bagagem de mão.

 

Bom, espero ter ajudado. Deixe o seu comentário.

Beijo triplo!!!

By Priscylla Brasileiro