Crianças e a Gratidão.

Postado em: 16 de outubro de 2018 às 11:35

Este mês é especial dos pequenos e queria compartilhar com vocês a importância de ensiná-los, desde cedo, a serem gratos.

Quando as crianças chegam na nossa vida chega junto um amor que transborda e uma vontade de fazermos de tudo para vê-las felizes. É um amor gratuito, e não só dos pais, mas também avós, tios, padrinhos etc. E por ser um amor tão grande ele também é desinteressado e compreensivo e, assim, não exigimos nada em troca, muitas vezes, nem mesmo um “obrigado”. E aí mora um grande perigo: das crianças não reconhecerem e valorizarem o que elas têm! Seja um brinquedo, uma oportunidade de viajar, a comida, a casa ou o amor e o cuidado que elas recebem diariamente.

Ensinar e exercitar as crianças a dizerem obrigada capacita-as a terem um olhar mais atento as pessoas e coisas que elas têm e são. Precisamos ensiná-las, desde cedo, a importância das conquistas, mas também o reconhecimento e valorização do que é gratuito. Não é aquele comparativo, sempre negativo, de “você não pode estragar comida pois tem muitas crianças passando fome no mundo!”, mas “esse alimento é importante para sua saúde e foi preparado para você”.

Claro que não é simples e fácil, porém quanto mais cedo ensinarmos as crianças o valor da gratidão, mais cedo elas assimilarão o sentido e também o bom sentimento que fica no coração quando ele é vivido de verdade. Além disso, a gratidão é um sentimento muito poderoso para um adolescente e adulto que é impactado, diariamente, para perceber o que falta e preencher os vazios com consumo. Ensinar a gratidão na infância ajudará a criar adolescentes e adultos mais felizes.

Aproveita este mês que é dedicado especialmente às crianças e pratica com elas o dizer obrigado e reconhecer o que de bom elas têm na vida. Escrever (ou desenhar para as menores) é uma ótima forma de concretizar. Que tal um desafio para este mês? Fazer uma listinha, junto com a criança, de pessoas, coisas e momentos por os quais ela é grata? Vocês podem escrever em vários papeis coloridos, guardar numa caixa ou fixar na parede do quarto ou na geladeira. Até mesmo fazer um “caderninho da gratidão”. Será um momento lindo de interação e muito amor!

Pequena Maria com muitos motivos pra agradecer!

Ah! E não esqueça que o melhor aprendizado é sempre pelo exemplo, se as crianças perceberem em você uma atitude de gratidão, mais facilmente elas absorverão este valor.

Compartilha com a gente o que os seus pequenos escreveram. Posta no Instagram usando a hashtag #tenhogratidao Vou amar acompanhar!

Bjos.

Até mais.

Gizelle.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *